Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Plataformização do Entretenimento #07 - Regulamentação do VOD no Brasil (10/06 às 19h)

Plataformização do Entretenimento #07 - Regulamentação do VOD no Brasil (10/06 às 19h)

O seminário "Plataformização do Entretenimento" pretende promover e incentivar debates online entre pesquisadores, produtores de conteúdo e profissionais da cultura, visando um maior entendimento das atuais transformações nas indústrias de entretenimento.

 

Busca-se discutir a importância da criação de políticas públicas para as plataformas culturais; o marco regulatório do vídeo sob demanda; novas perspectivas estéticas e estilísticas, e a inovação nos sistemas de produção, distribuição, circulação e recepção de conteúdos.

 

A sétima live, "Regulamentação do VOD no Brasil", ocorrerá no dia 10/06 às 19h00, com a participação de André Sturm (Petra Belas Artes), Eduardo Senna (Senna Advogados) e Fabio Lima (Sofá Digital), com a mediação de João Carlos Massarolo (UFSCar). O debate será transmitido no Facebook pelo link: https://bit.ly/2Vl5t8f.

 

ACOMPANHE A NOSSA PROGRAMAÇÃO PELA PÁGINA NO FACEBOOK: https://www.facebook.com/especializacaomultiplataformaufscar

 

O evento é uma realização do Curso de Especialização em Produção de Conteúdo Audiovisual para Multiplataformas (EAM/UFSCar) e do Grupo de Estudos sobre Mídias Interativas em Imagem e Som (GEMInIS), ambos da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), com o apoio e a Pró-Reitoria de Extensão (PROEX/UFSCar).

 

Sobre os Convidados:

André Sturm (Petra Belas Artes)
Formado em Administração de Empresas pela FGV-SP. Realizou dois longas metragens como produtor e diretor (Sonhos Tropicais e Bodas de Papel) e mais 4 curtas. Atua na política cinematográfica tendo sido diretor da ABD-SP, primeiro presidente da ABD Nacional, diretor da APACI, diretor e presidente do SIAESP. Participou de diversas comissões e conselhos do audiovisual nas 3 esferas de governo, com destaque por duas vezes no Conselho Superior de Cinema. Atuou no cineclubismo como programador do Cineclube da GV e Cineclube Oscarito. Foi programador da Cinemateca Brasileira de 1989 a 1991. Criou a Pandora Filmes, distribuidora independente que lança filmes brasileiros e internacionais. Responsável pela programação do cine Belas Artes desde 2003 e por sua reabertura em 2014. Foi Coordenador da UFDPC da Secretaria de Estado da Cultura entre 2007 e 2011, sendo responsável pela criação de diversos programas de sucesso, inclusive pela implantação do programa ProAC-ICMS. Em 2006, criou o Cinema do Brasil, cujo objetivo é promover o cinema brasileiro internacionalmente, aumentando em muito a circulação dos filmes e a presença dos cineastas e produtores fora do país. De 2011 até 2016 foi Diretor Executivo do MIS e seu Curador. De 2017 a 2019, assumiu a posição de secretário municipal de cultura de São Paulo, implementando programas importantes como Gabinete nos Bairros, Fomentos de Música, Festival de Circo, Rádios Comunitárias, Ônibus da Cultura e Biblioteca Viva.

 

Eduardo Ghiaroni Senna (Senna Advogados)
Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). Mestre em Direito Internacional com foco em Propriedade Intelectual pela Universidad de Valladolid, Espanha, estando legalmente habilitado em território espanhol. Foi advogado associado do escritório Machado, Meyer, Sendacz e Ópice advogados, Coordenador de projetos do Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da FGV/RJ, pesquisador da Fundação Ford, em conjunto com o Link Centre da Universidade Wits da África do Sul, com linha de pesquisa sobre mídia, cultura e propriedade intelectual, pesquisador da Fundação Soros, com linha de pesquisa sobre limitações e exceções aos direitos autorais, pesquisador convidado pela Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, através do Instituto de Direito do Comércio Internacional – IDCID, para o projeto de democratização de informações no processo de elaboração normativa – "Projeto Pensando o Direito", consultor do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos do Governo Federal (2005) para temas sobre propriedade intelectual. Professor titular do MBA de produção cultural da Universidade Cândido Mendes. Membro da Comissão de Direito de Autor e Direitos Imateriais e Entretenimento da OAB/RJ. Palestrante e conferencista em diversos eventos nacionais, autor de artigos. Co-autor do livro Direito do Software Livre e a Administração Pública (Ed. Lúmen Júris) e Co-Autor do livro Moral Rights (Ed. Sweet & Maxwel).

 

Fabio Lima (Sofá Digital)
Fundador e CEO da Sofa Digital, um agregador de dados e conteúdo para VOD. Graduado em Rádio e Televisão pela Universidade Metodista de São Paulo, trabalha desde 2000 com tecnologias digitais para a indústria audiovisual. Ex-diretor da Mobz, distribuidora que operava exclusivamente em formato digital atuando ainda na produção e distribuição de conteúdos alternativos em 3D. Foi ainda um dos sócios fundadores da Rain Network, empresa de distribuição digital para cinemas independentes, onde trabalhou como diretor operacional.

Rodovia Washington Luís , Km 235 - SP-310 | São Carlos-SP | Brasil

CEP: 13.565-905 | Fone: (16) 3351-8351 | E-mail: cech@ufscar.br

CECH / UFSCar © 2016.